Mãos masculinas segurando algumas contas e digitando em calculadora

A existência de débitos em aberto tira o sono de muita gente. É uma mistura de medo dos juros e da bola de neve em que aquilo pode se tornar, e da preocupação com a possibilidade de negativação do nome. Se você está nessa situação, o refinanciamento de dívida pode ser a melhor forma de se livrar logo desta dor de cabeça.

Mas como funciona o refinanciamento?

O refinanciamento de dívida nada mais do que uma modalidade de crédito voltada para o consumidor que tem uma ou mais pendências financeiras. O objetivo é consolidar os débitos em apenas uma dívida com juros mais baixos. Este tipo de empréstimo pode ser feito tanto por quem está com o nome em órgãos de restrição ao crédito quanto por aqueles clientes que querem evitar que isso aconteça.

Nem sempre o consumidor consegue fazer este refinanciamento dos débitos que possui, mas uma outra possibilidade de quitar as dívidas com taxas mais baixas é usando outros tipos de empréstimo.

Mas neste caso estou trocando uma dívida por outra? Você estará trocando uma dívida cara por uma mais barata. Com o dinheiro do novo empréstimo poderá pagar à vista seus débitos e conseguir um desconto com o credor. Isso lhe garantirá alguma economia.

O empréstimo pessoal é uma das modalidades de crédito que podem favorecer o endividado que quer resolver sua situação financeira. Os juros são muito mais baixos do que em dívidas de cheque especial, cartão de crédito e outras. É importante que o consumidor faça uma boa pesquisa antes de decidir.

Que dívidas posso refinanciar?

Quase todo tipo de dívida pode ser refinanciada. Isso pode ser feito tanto diretamente com a instituição credora quanto por meio do uso de outras categorias de crédito, realizando assim a quitação total da primeira dívida e optando pelo pagamento de um empréstimo mais barato.

Se você tem uma dívida tributária, deverá procurar os órgãos responsáveis por essa dívida para verificar a possibilidade de refinanciá-la.

Como pedir o refinanciamento de uma dívida?

Você deverá entrar em contato com a instituição credora para verificar as condições oferecidas por ela para a quitação dos débitos. É possível que o próprio credor tenha uma boa oferta para isso. Compare com outras condições que encontrar no mercado e nunca faça um refinanciamento se não tiver condições de honrar com o pagamento.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

4 comentários

  1. to precisando refazer meu cadastro pois não confere a senha e quando peço para enviar a solicitação de nova senha não consta nenhum e-mail ….so fala que meu cpf ja ta cadastrado . Será que cadastrei e-mail errado ? e como faço pra refazer o cadastro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.