planejando férias? 5 dicas para gastar menos

Ah, as férias! Provavelmente uma das palavras favoritas de quase todo mundo se não for a principal. Pois bem, além de trazer a felicidade, ela também pode complicar a sua saúde financeira se você não se planejar corretamente. Dinheiro ou cartão? Seguro viagem para o exterior é quanto? Qual a cotação do dólar? Melhor comprar com antecedência ou dias antes?

Pensando em todas essas dúvidas, a Lendico te dá algumas dicas para ajudar no orçamento antes, durante e depois das férias. Preparados?

Planejamento para começar as férias com o pé direito!

Sim, planejamentos podem ser feitos para várias coisas e não apenas o financeiro. É importante entender que as suas férias começam muito antes da sua viagem ou período de recesso no escritório. Por isso, ter um plano inicial o ajudará a economizar já nos primeiros passos. Agendar as férias com antecedência também lhe dá um conforto maior para pesquisar preços de passagens, alimentação, lazer e estadia. Não há um tempo mínimo, mas quanto antes melhor.

Dinheiro ou cartão?

A dúvida de todo o viajante: dinheiro ou cartão? Isso depende muito do gosto pessoal. Há quem prefira dinheiro pela facilidade na hora do troco, ainda mais em regiões pequenas e mais afastadas das metrópoles. Contudo, o cartão também oferece maior praticidade e segurança, já que você não precisa andar com uma quantia alta no dia a dia e, caso você seja furtado/roubado, poderá bloquear o saldo remanescente; isso já não é possível se estiver apenas com dinheiro. O ideal é sempre repartir o orçamento da viagem entre dinheiro e cartão. Talvez 80% no cartão de viagem e 20% em dinheiro, por que não?

Quem sai de férias é você, não os seus cartões de crédito!

Isso mesmo! Não é porque você sairá de férias que deve levar todos os cartões de crédito e cofres da sua casa contigo. Por isso, corroboramos a importância do planejamento nessa hora, para evitar esse tipo de situação e também para economizar. Por isso, leve apenas um cartão de crédito, pois assim, você não ficará tentado a gastar todo o limite dele. Importante: se optar pelo cartão, não se esqueça de avisar a emissora dele ou o seu banco de que fará uma viagem e indicar quanto tempo ficará fora! Imagina se ele fica bloqueado?

Tenha um fundo para emergências

Imprevistos acontecem todos os dias. Seja um atraso para uma peça de teatro e você precisa tomar um táxi; remédios para gripe por conta do frio excessivo que não está acostumado, ou até mesmo uma refeição que não estava planejada. Tenha sempre um fundo para emergências e não será pego de surpresa por esse tipo de incidentes.

Trabalhadores, atenção nisso!

Quando um funcionário CLT sai de férias, o que ocorre é a antecipação salarial. Ou seja, para o período de recesso remunerado que você tirará, você receberá a quantia equivalente. Por exemplo, digamos que você sairá de férias no dia 1 de setembro e volte apenas no dia 30 de setembro. Logo, você receberá sua remuneração novamente só no último dia útil de outubro – isso se os pagamentos na sua empresa ocorrem sempre nessa data. Há empresas que fazem a antecipação quinzenal também, então, seguindo o exemplo, você seria elegível para essa antecipação.

Por que não uma linha alternativa de crédito?

E se você não quiser usar o cartão de crédito e estiver com o orçamento apertado, mas mesmo assim, desejar viajar? Por que não crédito pessoal? Com linhas que oferecem juros muito menores do que os do cartão de crédito (que já passam os 470% ao ano no crédito rotativo) e o cheque especial (mais de 310% ao ano), empresas como a Lendico, podem ser uma alternativa nesse momento. Além disso, você ainda manteria o limite do seu cartão para imprevistos durante a sua viagem. Brilhante, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.