Um empréstimo para pagar 13º pode ser uma boa opção para evitar punições à sua empresa

Todo trabalhador contratado com carteira assinada tem direito a receber o 13º salário. Por isso, é importante o que o empresário se programe para realizar esse pagamento obrigatório aos seus funcionários que trabalharam no mínimo 15 dias em um ano.

Caso algum imprevisto ocorra, um empréstimo para pagar 13º salário pode ser uma boa medida para quitar todas as obrigações. Isso porque não fazer o pagamento pode ser muito caro. Além de multa aplicada pelo Ministério do Trabalho, a empresa pode responder a processo na Justiça Trabalhista e arcar com custos advocatícios e juros.

E atenção, a empresa não pode alegar dificuldades financeiras para o não pagamento, mesmo que esteja em recuperação financeira. Também não é permitido pagar fora do prazo. A primeira metade deve ser efetuada entre 1º de fevereiro e 30 de novembro. E o restante até 20 de dezembro.

Dúvidas sobre o 13º salário

  • Quanto devo pagar?

Se o trabalhador está o ano todo na empresa, será uma remuneração completa. Se não, o período proporcional.

  • Descontos

Na primeira parcela não. Na segunda, são descontadas as contribuições previdenciárias ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e Imposto de Renda, se houver.

  • Demissão

Empregados demitidos sem justa causa ou que pediram demissão devem receber o valor proporcional na rescisão de contrato.

  • Demissão por justa causa

Neste caso, o trabalhador não tem direito a receber o benefício.

  • Licença-médica

Há recebimento, mas depende da do período. Se for menor que 15 dias, os custos são da empresa. Caso seja maior, a empresa paga o proporcional entre o início do ano e a primeira quinzena do afastamento. Os valores restantes serão pagos pelo INSS.

  • Licença-maternidade ou licença-paternidade

O pagamento é integral. O período de licença não deve interferir no cálculo do 13º salário.

  • Empregados domésticos

Têm direito como qualquer trabalhador registrado.

  • Adiantamento

É possível receber a primeira metade nas férias, mas o funcionário deve avisar a empresa em janeiro. Se avisar depois, não há a obrigação do pagamento.

  • Trabalhador temporário

Desde que com registro em carteira, têm direito a receber o proporcional.

Empréstimo para pagar 13º salário

Se o prazo está apertado, o ideal é recorrer a um crédito rápido e barato, para evitar punições. O empresário pode, inclusive, fazer um crédito pessoal e utilizar o valor do empréstimo para pagar 13º salário.

Na Lendico a pré-análise é feita em três minutos e o depósito em quatro dias úteis. Com o dinheiro na conta, você pode utilizar como quiser.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*