Se você perder a data de inscrição para o Enem deve estar pensando como arcará com os custos de seu curso superior. Apesar de ter sido criado para avaliar a qualidade do ensino médio no país, hoje o Exame Nacional do Ensino Médio também ajuda quem quer participar de programas como ProUni, Sisu e FIES.

Além de ajudar a financiar seus estudos, o Enem também pode ajudá-lo na substituição do Vestibular de diversas universidades. E também, a prova pode ser usada para a obtenção do certificado de conclusão do ensino médio.

Financiar os estudos

Como já mencionamos, existem alguns programas que ajudam os estudantes que querem financiar seus estudos. Entre eles destacam-se:

ProUni

Programa que dá bolsas de estudos em universidades particulares e usa a nota do Enem para classificar os candidatos. Para participar, é necessário que a renda familiar do candidato seja de até três salários mínimos por pessoa.

Sisu

Não tem requisitos de renda e ajuda os estudantes a entrarem em universidades públicas sem a necessidade de prestar o vestibular. Quando maior a nota na prova do Enem, maior a chance de ter direito a esta ‘bolsa de estudos’.

FIES

Voltado para quem se formou no ensino médio a partir de 2010 e que queira financiar seus estudos em uma universidade privada. O candidato deverá ter feito pontuação maior a 450 pontos no Enem, não ter zerado a redação e ter renda familiar máxima de 20 salários mínimos.

Bolsas escolares privadas

Outra forma de financiar seus estudos é buscando bolsas oferecidas por empresas privadas. Vale pesquisar sobre as bolsas abertas para o curso que deseja fazer e verificar qual é o regulamento para participar. Em geral as empresas abrem este tipo de programa no meio do ano para estudantes que começarão seus estudos no ano seguinte.

Bolsas de universidades

Algumas universidades particulares também oferecem bolsas a alunos com bom desempenho em seus vestibulares ou que tenham algum reconhecimento de notoriedade. Vale a pena buscar a universidade na qual deseja estudar e se informar sobre as opções de bolsas de estudos disponíveis.

Empréstimo

Se você não conseguiu uma bolsa ou ficou fora do FIES, pode recorrer a empréstimos para educação. Existem algumas instituições que oferecem crédito exclusivamente para isso, mas também existe a possibilidade de escolher por um empréstimo pessoal.

A vantagem do empréstimo pessoal é que ele tende a ser rápido e menos burocrático. Além disso, é possível fazer a cotação da contratação de crédito pela internet mesmo, sem dor de cabeça e sem burocracia.

Para solicitá-lo é necessário ser maior de idade e ter comprovação de renda, portanto, pode ser uma oportunidade para os futuros alunos que trabalham mas não têm condições de arcar com todo o custo do curso.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.