Mão masculina digitando em uma máquina de cartão.

O crediário no cartão de crédito terá juros e poderá substituir parcelamento sem taxas em prazos mais longos. Conheça alternativas para economizar.

Os grandes bancos passam a oferecer a partir de 28 de março uma nova modalidade de financiamento, o crediário no cartão de crédito. Agora, ao finalizar a compra no crédito o lojista poderá oferecer as opções à vista, parcelado sem juros e parcelado com juros.

O parcelamento da nova modalidade será entre duas e 24 parcelas e vai depender do lojista oferecer a opção com os juros sendo definidos pelas próprias instituições financeiras de acordo com cada cliente.

Já aderiram à novidade o Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander e Votorantim. O Nubank não oferecerá o produto.

O lojista receberá o valor total da venda em até cinco dias após a operação. No parcelamento comum os comerciantes recebem a cada 30 dias, dependendo do número de parcelas.

Com isso, Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito) espera que o comércio dê preferência a esse tipo de crédito em parcelamentos maiores.

Perigo de superendividamento

O maior perigo deste tipo de modalidade é incentivar o superendividamento do consumidor. Sendo mais vantajoso para o lojista (que recebe mais rápido) e para os bancos (que recebem os juros), o consumidor é quem pagará a diferença.

Na prática, o parcelamento sem juros pode fica mais difícil de ser encontrado e clientes com menor renda e score de crédito mais baixo tendem a serem mais prejudicados.

Isso poderá agravar o cenário de superendividamento, já que para produtos de maior valor aquisitivo o parcelamento em diversas vezes é muitas vezes a única opção do consumidor.

Evite o crediário no cartão de crédito

O consumidor deve evitar o crediário no cartão de crédito. Em geral crédito de fácil acesso costuma ser mais caro, já que os bancos precisam compensar a inadimplência.

E lembre-se, mesmo pagando as taxas no parcelamento, o cliente estará sujeito aos altos juros do cartão de crédito em caso de inadimplência ou atraso.

Esse tipo de crediário só pode ser vantajoso se o consumidor conseguir um desconto do comerciante na modalidade, visando que o lojista recebe antes, esse tipo de negociação pode ser feita.

Alternativas ao crediário no cartão de crédito

Estando presente na maioria dos grandes banco, será complicado para o consumidor evitar o crediário no cartão de crédito, mas ele ainda tem algumas alternativas.

A primeira é o pagamento à vista. Comerciantes quase sempre preferem receber à vista e não ver uma parcela se parece que nunca acaba a cada fatura é sempre um alívio.

Outra medida incentivar a concorrência e comprar com quem oferece o parcelamento sem juros ou possuir cartões que não oferecem essa alternativa.

É possível também fazer um empréstimo pessoal mais barato. Compare os juros e, se for mais barato os do empréstimo, pode ser vantajoso. Além disso, o consumidor pode pedir um desconto, já que para o lojista o pagamento será à vista.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.