cheque especial_o que fazer


Cheque especial é um tipo de crédito que os bancos disponibilizam, em troca da cobrança de juros sobre o valor emprestado. O seu limite é calculado de acordo com a renda de cada pessoa e pelo uso do seu limite.

Em geral, quanto maior a sua renda, maior será o seu limite, pois isto significa a sua capacidade de pagamento do empréstimo que a pessoa toma do banco. Além disso, quanto mais giro de dinheiro a pessoa faz com o uso do seu limite, maior será o seu limite do seu cheque especial também. Cada banco possui a sua taxa de juros do cheque especial, mas geralmente todas elas são altas, ou seja, os seus juros são caros.

Cubra a sua conta para não ficar com uma dívida

Caso precise usar o limite do cheque especial, cubra-o da maneira mais rápida, pois quanto maior o tempo que você o usar, mais juros pagará. Em abril de 2016, a taxa média de juros cobrados pelos bancos, na modalidade do cheque especial, atingiu 308,7% ao ano, ou seja, a maior desde julho de 1994.

Cuidado com o débito automático

Atenção com as contas que ficam no débito automático porque quando você menos espera, ela pode ser descontada na sua conta e, nos meses com a carteira mais apertada, elas podem acabar com o limite do seu cheque especial e fazê-lo pagar altas taxas de juros.

Por que não crédito pessoal?

Se você já está em situação de endividamento, recomendamos a transferência da dívida para uma mais barata, como o empréstimo pessoal, por exemplo. Ele costuma ter juros mais baixos em relação aos do cartão de crédito. Há diversas opções no mercado para a contratação de um empréstimo pessoal, inclusive online. O importante é pesquisar bem essas alternativas comparando as taxas, os parcelamentos, a facilidade de contratação e o tempo de demora para a contratação. Lembre-se de que quanto mais tempo levar para quitá-la, ela ficará maior e você terá mais dificuldade para pagá-la.

Transfira a dívida do seu cheque especial

Caso a dívida com o cheque especial saía do controle, você pode levá-la para outro banco que cobre juros menores ou solicitar crédito pessoal para amortizar a dívida. Isso é conhecido como transferência de dívida e é vantajoso quando a dívida já existente possui juros elevados, e resolve trocar por uma mais barata. A Lendico pode lhe ajudar com isso!

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.